Arquivos Mensais: novembro 2015

Descobrindo o interior do motor de popa

Para você entender melhor o motor de popa, vamos mostrar alguns componentes dele e mostrar o que cada um faz:

Camshaft: Abre e fecha as válvulas do cilindro que permitem combustível e gás de escape para fora.

Bomba de combustível: Envia combustível para os carburadores.

Velas de ignição: inflama o combustível nos cilindros.

Suporte de montagem: Quando o motor atribui à parte de trás da embarcação e gira para cima e para baixo, motor de popa usando a venda.

Driveshaft: Transporta alimentação da cambota até as engrenagens. Correndo em linha reta para baixo através do centro do motor que liga os cilindros na parte superior para as engrenagens e hélice na parte inferior.

Placa anti-ventilação / cavitação: Cavitação é o que acontece quando uma hélice girando agita gases de escape do motor de ar ou na água. Bolhas se formam e explodem, que, ao longo do tempo, ocorre desgaste de distância da superfície da hélice. A placa anti-cavitação é projetada para reduzir esse problema, mas a cavitação ainda pode ser causada por detritos flutuantes que perturbam o bom fluxo de água em torno de as pás da hélice.

Redutor: As engrenagens estão aqui dentro.

Hélice.

Construir barcos

Canoas, veleiros, pontões, Um deles pode ser escolhido como uma das opções de decidir construir um barco. Construtores ambiciosos definem suas expectativas e constroem barcos do jeito que sonham, para relaxar, pescar, ou mesmo para fazer algum exercício.

A construção naval é uma das ocupações em que o trabalho é tão gratificante como o produto final.

Cada modelo escolhido possui suas características fundamentais. Por exemplo, um barco com motor de 15hp, deve ser bem pequeno e leve, para que possa atingir velocidade de planeio. Se o objetivo é construir um barco para 4 pessoas, será necessário motores mais potentes para que a embarcação possa ser mais confortável e o passeio seja tranquilo.

Barcos maiores, com cascos maiores, devem possuir motores potentes. Os cascos podem ser de fundo plano que funcionam melhor em águas rasas. Os cascos em V são melhores em águas caldalosas. Os de fundo redondo são os melhores quando se movimentam em baixa velocidade, caso contrário, corre-se o risco de a embarcação virar. Os cascos em túneis permite que a embarcação navegue por qualquer tipo de água com bastante estabilidade, menos em águas rasas.

Depois dessas dicas, você poderá obter mais informações com profissionais especializados em projetos de barcos, motooeste barcos e acessórios de alumínio.