Arquivos Mensais: janeiro 2016

Paciente com convulsões no dentista
Paciente com convulsões no dentista

Para socorrer um paciente que venha a ter um ataque de convulsão na consulta ao dentista é preciso ter coordenação e agir rapidamente.

Primeiro remova qualquer objeto pontiagudo ou perigoso da boca do paciente. Os fios ortodônticos e pinos usados em certos procedimentos podem não poder ser removidos a tempo, mas tente.

O dentista deve ficar atento às vias aéreas do paciente para que ele continue respirando. É importante virar a cabeça do paciente para assegurar-se de que ele respire com facilidade. Coloque o paciente na posição de supino, se possível, na cadeira de dentista. Se a convulsão não ocorrer na cadeira, tente posicionar o paciente de lado com atenção para não reter os movimentos do paciente, de forma que possa interferir na saúde geral dele.

Proteja o paciente durante todo o tempo. Certifique-se de que ele está seguro. A convulsão geralmente termina dentro de alguns minutos e não há nada que se possa fazer a não ser esperar que ela acabe. O paciente provavelmente não se machucará, desde que você mantenha sua saúde física.

Em seguida chame uma ambulância e forneça um relatório detalhado da ocorrência para os paramédicos ou médicos. Os dentistas possuem formação médica e podem fornecer observações muito úteis, quando os pacientes passam por problemas médicos. http://www.debocaaberta.com.br